quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

"Sua casa se parece com você?"

Postado por Mila Viegas às 14:59
Essa foi a pergunta que a Casa Claudia de dezembro/2007 fez aos seus leitores, propondo reflexão e auxiliando-os com um roteiro de dicas valiosas dadas por diversos especialistas. E qual é o segredo? Simples: aprender a identificar o que você gosta com o intuito de promover segurança e confiança para mostrar suas preferências na decoração. A filosofa e escritora Viviane Mosé ensina: "A casa precisa ter objetos queridos, paredes com imagens que você aprecia, os filmes e as músicas que o alegram e o fazem pensar".

Eis as dicas:

Reflita sobre como prefere viver
"Você se sente melhor em espaços abertos ou intimistas, bem iluminados ou mais escuros, de visual limpo ou cheio de detalhes? Esse tipo de pergunta estabelece eixos para você montar sua casa", diz Viviane Mosé.

Crie um arquivo de referências
Colecionar imagens de ambientes, móveis e objetos que lhe agradam ajuda a elaborar seu espaço.

Cultive um repertório visual
"Ir a cinema, teatro, museus e galerias, além de exposições de decoração, é uma oportunidade para exercitar seu gosto. Quanto mais coisas você vê, mais facilmente identifica o que lhe emociona", diz o estilista Dudu Bertholini. O conhecimento adquirido nessas experiências naturalmente irá refinar suas escolhas.

Valorize sua história
"A casa hoje é uma espécie de autobiografia dos moradores", afirma o sociólogo italiano Francesco Morace. Para colocar as memórias em evidência, resgate móveis de família e exponha lembranças de viagem.

Use suas coisas arrumadas do seu jeito
Não deixe os melhores vasos, talheres, louças e castiçais fechados no armário, à espera de uma ocasião especial. Se eles são preciosos para você, estreite a conveniência e empregue-os no dia-a-dia. É importante ainda que a forma de dispor esses e outros itens pela casa tenha a sua mão.

Mude quando sentir vontade
Ao olhar ao redor e perceber que a decoração não reflete mais o seu momento, é hora de agir. "Mas sem jogar sua história fora e recomeçar do zero", sugere a arquiteta Lúcia Carvalho. Trocar poucas peças e modificar a distribuição dos móveis já produz um grande efeito.

Saiba expor seus desejos
Caso conte com os serviços de um arquiteto de interiores ou decorador, converse bastante com ele, procurando esclarecer ao máximo como você quer sua casa.

Fonte: Casa Claudia/ano 31 - Dezembro/2007

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Assine a petição!

 

Diário de uma bagunceira ;) Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting