segunda-feira, 18 de junho de 2012

Quem não tem colírio usa óculos escuros...

Postado por Mila Viegas às 15:14
Imagem daqui!
Fase complicada de doenças aqui em casa. Agora chegou a minha vez de guerrear contra uma conjuntivite viral que se apossou do meu ser desde o dia dos namorados (é mole?!). Começou como toda conjuntivite começa: coceira no olho (meu caso foi o esquerdo), ardência, desconforto e bla bla bla. Desde criança que não tenho isso, mas assim que surgiram os sintomas eu reconheci a moléstia.

Já sabia de parte do diagnóstico quando, no mesmo dia, cheguei ao Hospital de Olhos. O médico pingou um coliriozinho colorido e pôs um "holofote" no meu olho. O maior desafio é que eu já estava com uma sinusite de matar, então juntou tudo. Munida dos meus lencinhos de papel, assuava o nariz e a coriza vinha tingida de amarelo-limão (cor do tal colírio). Resultado inicial: 04 dias afastada do trabalho.

Confesso que foram os piores quatro dias da minha vida nesses últimos meses. Fiquei de cama, com um olho fechado e o outro aberto, pálpebras inchadas e sensíveis, fotofobia, ressecamento, colírios de 4 em 4 horas (6 da manhã, 10 da manhã, 2 da tarde, 6 da tarde, 10 da noite e 2 da manhã) sem descanso, sem pular horários... Tudo acreditando que hoje eu estaria 100%.

Foi piorando, piorando e... Contaminou o olho direito. Era o que faltava!

Voltei ao hospital no sábado (dia 16). Novamente o coliriozinho colorido e o médico nada otimista:

- Senhora, não vou mentir, mas vai piorar!

Epa, como assim? Realmente percebi que não estava melhorando nada. E, foi então que ele diagnosticou a presença do tal vírus que tem deixado boa parte da população enxergando embaçado (epidemia braba).
Resultado: mais 07 dias afastada do trabalho.

Por incrível que pareça, apesar da minha fama de bagunceira, sou muito organizada no trabalho. Sei de tudo o que acontece, porque mantenho minha agenda sempre atualizada. Anoto o que foi feito, o que ficou por fazer, o que é prioridade e tudo o mais. Assim, entre mortos e feridos, meus alunos não ficaram na mão. Como eu gostaria de poder continuar com minha rotina cansativa e estressante! Saudades de tudo isso.

Hoje precisei levar meu filho para a escola (ele faltou 03 dias por minha causa). Tive que dirigir mesmo com os olhos inchados e doloridos... E assim será por toda essa semana. Tenho procurado me manter isolada das pessoas para não transmitir a doença e tomado certos cuidados para que meu filho não a contraia. Santa Luzia, rogai por nós!

Não sei dizer ao certo o que tem sido pior nisso tudo. Essa conjuntivite tem acabado comigo. Dores no corpo, garganta inflamada... Só não tive febre, graças a Deus! Então, estou à base de colírios, compressas e analgésicos. O ruim da conjuntivite viral é que não existe tratamento específico, se fosse bacteriana eu já estaria boa faz tempo. Quarta-feira, dia 20, terei que voltar ao hospital para uma nova análise, rezando para não precisar fazer raspagem.

É uma pena! Hoje era o dia de ir para o atelier pintar um bocado, mas nem posso fazer isso nem em casa, já que a minha visão está bem comprometida. Venho ao computador o mínimo possível. Na verdade, só venho para não passar muito tempo deitada e piorar as dores no corpo. Não posso ler livros, nem assistir tv por muito tempo... não posso deitar em qualquer posição por causa da pressão nos olhos. Não posso limpar minha casa, nem fazer comida, nem cuidar do meu jardim. Em momentos assim, a única coisa que posso fazer é SER e me manter otimista.

Colírios, óculos escuros e um sistema imunológico em guerra!!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Assine a petição!

 

Diário de uma bagunceira ;) Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting